Personalização

Acessibilidade

Idioma do site

1889

Presidente:

Marechal Deodoro da Fonseca

Governador de São Paulo:

Prudente de Morais

Fatos internacionais

EUA: 1ª Conferência dos Estados Americanos.

França: 2ª Internacional Operária.

Brasil: Proclamação da República brasileira.

"Encilhamento": Política econômica.

Legislação

Decreto nº 85 estabelece censura à imprensa.

Organizações Políticas

Partido Republicano Paulista (PRP): desde 1873.

Partido Republicano Mineiro (PRM): desde 1888.

Repressão

Imagem: O Imperador D. Pedro II, Imperatriz e comitiva a bordo do vapor "Congo", de volta da Europa, 1888. Crédito: Acervo da Fundação Biblioteca Nacional - Brasil.

Banimento da Família Real para a Europa.

Prisões de jornalistas: Morre na prisão Carlos Von, redator do Jornal Reforma (Porto Alegre).

Censura aos jornais: Folha da Tarde (Porto Alegre), O Tribuna e a Lanceta (Recife).

Tipografias destruídas: Orbe (Maceió) e O Século.

1890

Presidente:

Marechal Deodoro da Fonseca

Governador de São Paulo:

Prudente de Morais

Governador de São Paulo:

Jorge Tibiriçá Piratininga

Fatos internacionais

Crescente industrialização e aumento da imigração europeia.

Legislação

Código Penal Brasileiro.

Revogação do Decreto nº 85, restaurada a liberdade de imprensa.

Repressão

Empastelamento do jornal A Tribuna (Rio de Janeiro). Agressões e morte do revisor João Romariz.

Resistência

Eduardo Prado escreve no jornal A Tribuna (Rio de Janeiro) contra Marechal Deodoro e o Exército e funda, em São Paulo, o Jornal do Comércio.

1891

Presidente:

Marechal Deodoro da Fonseca

Presidente:

Marechal Floriano Peixoto

Governador de São Paulo:

Jorge Tibiriçá Piratininga

Governador de São Paulo:

Américo Brasiliense

Governador de São Paulo:

Sérgio Castelo Branco

Governador de São Paulo:

José Alves de Cerqueira

Legislação

1ª Constituição da República.

Repressão

Dissolução do Congresso e decretado Estado de Sítio.

Resistência

Início da instituição de movimentos de mobilização racial negra em vários estados do Brasil, criando dezenas de grupos, grêmios, clubes e associações.

1892

Presidente:

Floriano Peixoto

Governador de São Paulo:

José Alves de Cerqueira

Governador de São Paulo:

Bernardino de Campos Jr

Organizações Políticas

Partido Federalista do Rio Grande do Sul.

1893

Presidente:

Floriano Peixoto

Governador de São Paulo:

Bernardino de Campos Jr

Fatos internacionais

Inglaterra: Fundado o Partido Trabalhista Independente.

Repressão

Decretado Estado de Sítio.

Apreensão do livro Ilusão Americana, de Eduardo Prado, cuja venda é proibida.

Suspensão do jornal A Platéia (São Paulo).

Resistência

Guerra de Canudos, Bahia (1893-1897).

Revolução Federalista, Rio Grade do Sul (1893-1895).

Revolta da Armada, Rio de Janeiro.

Eduardo Prado publico Ilusão Americana, de crítica ao regime.

1894

Presidente:

Floriano Peixoto

Presidente:

Prudente de Morais (1º presidente civil eleito)

Governador de São Paulo:

Bernardino de Campos Jr

Fatos internacionais

França: Caso Dreyfus (1894 - 1906).

Organizações Políticas

Imagem: Festejos por ocasião da posse do Presidente Prudente de Moraes, Praça da República. Rio de Janeiro, 15/11/1894. Crédito: Obra furtada e recuperada do Acervo da Fundação Biblioteca Nacional - Brasil.

Oposição militares: florianistas e "jaconistas" (Partido Monarquista).

1897

Presidente:

Prudente de Morais

Governador de São Paulo:

Campos Sales

Governador de São Paulo:

Peixoto Gomide

Fatos internacionais

Grécia e Turquia entram em guerra.

Início do Movimento Sionista.

Repressão

Imagem: Cadáver de Antônio Conselheiro encontrado sob as ruínas da Igreja Nova. Crédito: Fotógrafo Flávio de Barros, 1897. Coleção Canudos, Acervo Museu da República/IBRAM/Secult/Ministério do Turismo.

O Arraial de Canudos é ocupado por tropas do governo. Antonio Conselheiro é morto.

1898

Presidente:

Prudente de Morais

Presidente:

Campos Sales

Governador de São Paulo:

Fernando Prestes

Fatos internacionais

EUA: Declara guerra à Espanha.

Cuba: Independência, permanece sob influência dos EUA.

Resistência

Greve de cocheiros e condutores no Rio de Janeiro.

1899

Presidente:

Campos Sales

Governador de São Paulo:

Fernando Prestes

Fatos internacionais

Itália: Assassinato de Humberto I. Sobe ao trono Victor Emanuel III.

1901

Presidente:

Campos Sales

Governador de São Paulo:

Rodrigues Alves

Fatos internacionais

Cuba: Emenda Platt, permitindo a intervenção dos EUA.

Noruega: Mulheres conquistam direito ao voto.

1902

Presidente:

Campos Sales

Presidente:

Rodrigues Alves

Governador de São Paulo:

Rodrigues Alves

Governador de São Paulo:

Domingos de Morais

Governador de São Paulo:

Bernardino de Campos Jr

Fatos internacionais

África do Sul: Ingleses vencem a Guerra dos Bôeres.

Resistência

Imagem: 1ª edição de "Os Sertões", de Euclides da Cunha. Crédito: Acervo da Fundação Biblioteca Nacional - Brasil.

Euclides da Cunha publica Os Sertões, denunciando o massacre na Guerra de Canudos.

1903

Presidente:

Rodrigues Alves

Governador de São Paulo:

Bernardino de Campos Jr

Fatos internacionais

EUA: Promovem a independência do Panamá.

Grã-Bretanha: Luta pelo direito ao voto feminino (Suffragettes).

Resistência

Greve de tecelões no Rio de Janeiro.

1904

Presidente:

Rodrigues Alves

Presidente:

Afonso Pena

Governador de São Paulo:

Bernardino de Campos Jr

Governador de São Paulo:

Jorge Tibiriçá Piratininga

Fatos internacionais

EUA: Início da Política do Big Stick.

Legislação

Lei torna obrigatória a vacinação contra a varíola.

Repressão

Prisões e desterro para a selva Amazônica de grevistas e opositores ao governo.

Resistência

Revolta da Vacina e Revolta da Escola Militar no Rio de Janeiro.

1905

Presidente:

Rodrigues Alves

Governador de São Paulo:

Jorge Tibiriçá Piratininga

Fatos internacionais

Rússia: "Domingo Sangrento".

Greve geral, massacre de operários pogroms, anti-semitismo.

Resistência

Greve nas Docas de Santos (SP).

Rebelião na Fortaleza de Santa Cruz (RJ).

Fundado o jornal operário L'Azione Anarchica (SP).

Neno Vasco lança o jornal Terra Livre (RJ).

1906

Presidente:

Rodrigues Alves

Presidente:

Afonso Pena

Governador de São Paulo:

Jorge Tibiriçá Piratininga

Organizações Políticas

1º Congresso Operário Brasileiro.

Resistência

Greve na Cia. Paulista de Estradas de Ferro.

Greve operária no Rio de Janeiro.

1907

Presidente:

Afonso Pena

Governador de São Paulo:

Jorge Tibiriçá Piratininga

Legislação

Decreto nº 1641 regulamenta a expulsão de estrangeiros.

Repressão

Expulsão de 132 operários estrangeiros.

Resistência

Greve Geral em São Paulo.

1908

Governador de São Paulo:

Jorge Tibiriçá Piratininga

Governador de São Paulo:

Manuel Albuquerque Lins

Fatos internacionais

Inglaterra, França e Rússia formam a Tríplice Entente contra a Alemanha.

Legislação

Lei do serviço militar obrigatório.

Organizações Políticas

Anarquistas criam a Confederação Operária Brasileira.

1909

Presidente:

Afonso Pena

Presidente:

Nilo Peçanha

Governador de São Paulo:

Manuel Albuquerque Lins

Organizações Políticas

Início da Campanha Civilista.

Fundação do Partido Republicano Conservador.

1910

Presidente:

Nilo Peçanha

Presidente:

Hermes da Fonseca

Governador de São Paulo:

Manuel Albuquerque Lins

Fatos internacionais

Portugal: Proclamada a República.

Legislação

Decreto nº 8072 instituí o Serviço de Proteção aos Índios.

Resistência

Revolta da Chibata (Rio de Janeiro).

1911

Presidente:

Hermes da Fonseca

Governador de São Paulo:

Manuel Albuquerque Lins

Fatos internacionais

México: Revolução Mexicana.

1912

Presidente:

Hermes da Fonseca

Governador de São Paulo:

Manuel Albuquerque Lins

Governador de São Paulo:

Rodrigues Alves

Fatos internacionais

México: Zapata comanda a Revolução Camponesa.

Repressão

Censura ao filme Brasileiro A vida de João Cândido, sobre a Revolta da Chibata.

Resistência

Guerra do Contestado, Santa Catarina/Paraná (1912 - 1916).

1913

Presidente:

Hermes da Fonseca

Governador de São Paulo:

Rodrigues Alves

Repressão

Decretado Estado de Sítio no Ceará.

Resistência

Revolução em Juazeiro do Norte, Ceará , liderada pelo Pe. Cícero.

Manifestações operárias em vários Estados.

Protestos contra a deportação de sindicalistas e contra a lei de expulsão de estrangeiros no Rio de Janeiro.

1914

Presidente:

Hermes da Fonseca

Presidente:

Venceslau Brás

Governador de São Paulo:

Rodrigues Alves

Fatos internacionais

Início da Primeira Guerra Mundial (1914 - 1918).

1915

Presidente:

Venceslau Brás

Governador de São Paulo:

Rodrigues Alves

Fatos internacionais

Genocídio Armênio.

Legislação

Código Civil Brasileiro.

Repressão

Derrota dos revoltosos do Contestado.

Resistência

Organizações do Congresso Nacional da Paz, anarquistas protestam contra a 1° primeira Guerra Mundial.

1916

Presidente:

Venceslau Brás

Governador de São Paulo:

Rodrigues Alves

Governador de São Paulo:

Altino Arantes

Organizações Políticas

Liga da Defesa Nacional (Rio de Janeiro).

Liga Nacionalista (São Paulo).

1917

Presidente:

Venceslau Brás

Governador de São Paulo:

Altino Arantes

Fatos internacionais

Rússia: Revolução Russa.

Brasil: Ingresso na 1° Guerra Mundial.

Repressão

Imagem:  Ficha de identificação de Edgard Leuenroth, acusado e anarquismo. São Paulo, 24/03/1936. Crédito: Arquivo Público do Estado de São Paulo, Prontuário nº. 122. DEOPS/SP.

Presos Edgard Leuenroth e demais diretores do jornal A Plebe (São Paulo).

Resistência

Imagem: Greve Operária, São Paulo. Jornal A Cigarra, edição 71, 26/07/1917. Crédito: Arquivo Público do Estado de São Paulo.

Greve Geral paralisa São Paulo.

Manifestações no Rio de Janeiro, Porto Alegre e Pelotas (RS).

1918

Presidente:

Venceslau Brás

Presidente:

Delfim Moreira

Governador de São Paulo:

Altino Arantes

Repressão

Greves e fechamento de sindicatos no Rio de Janeiro e Niterói.

Resistência

Greve Geral em Rio Grande (RS).

Insurreição anarquista.

1919

Presidente:

Delfim Moreira

Presidente:

Epitácio Pessoa

Governador de São Paulo:

Altino Arantes

Fatos internacionais

Tratado de Versalhes.

Criação da sociedade das Nações.

III Internacional.

Repressão

São Paulo: repressão aos grevistas, deportação de anarquistas, prisões de editores de jornais antifascistas e anarquistas.

Destruída tipografia do jornal A Plebe.

Deportado Luigi Damiani, editor da La Bataglia.

Resistência

Greve Geral em São Paulo, Rio Grande, Salvador, Recife, Porto Alegre.

Criação dos jornais Spaghetto (antifascista) e L'Alba Rossa (anarquista), em São Paulo.

1921

Presidente:

Epitácio Pessoa

Governador de São Paulo:

Washington Luís

Fatos internacionais

China: Fundação do Partido Comunista.

Legislação

Lei nº 4269 decreta a expulsão de estrangeiros "nocivos à ordem pública".

Repressão

Repressão aos estrangeiros e movimento operário em São Paulo.

1922

Presidente:

Epitácio Pessoa

Presidente:

Artur Bernardes

Governador de São Paulo:

Washington Luís

Fatos internacionais

Itália: Mussolini instaura governo fascista.

Organizações Políticas

Imagem: registro do 3º Congresso do Partido Comunista do Brasil. Rio de Janeiro, 1928. Crédito: Arquivo Público do Estado de São Paulo, Prontuário nº. 333.

Criação do Partido Comunista Brasileiro (PCB).

Repressão

Decretado Estado de Sítio.

Fechamento do Clube Militar e prisão de Fonseca.

Revolta do Forte Copacabana.

Resistência

Revolta do Forte de Copacabana no Rio de Janeiro.

Início do Movimento Tenentista.

1923

Presidente:

Artur Bernardes

Governador de São Paulo:

Washington Luís

Fatos internacionais

Turquia: Proclamação da República.

Legislação

Imagem: Desenho de Alfredo Storni para Revista Careta. Rio de Janeiro, 06/10/1923 - Acervo da Fundação Biblioteca Nacional – Brasil.

1ª Lei de Imprensa (Lei  Adolfo Gordo).

Organizações Políticas

Criação da organização fascista Fascio Filippo Corridoni em São Paulo.

Resistência

Fundação do jornal Antifascista La Difesa, por Piccarolo, em São Paulo.

1924

Presidente:

Artur Bernardes

Governador de São Paulo:

Washington Luís

Governador de São Paulo:

Carlos de Campos

Fatos internacionais

URSS: Morte de Lenin.

Legislação

Criação do DEOPS/SP - Delegacia Estadual de Ordem Política e Social de São Paulo.

Repressão

Repressão aos revoltosos tenentistas em São Paulo, cidade bombardeada.

DEOPS/SP : Prisões de grevistas, gráficos, intelectuais, anarquistas, socialista e comunistas.

Resistência

Rebelião militar em São Paulo.

Início da Coluna Prestes.

1925

Presidente:

Artur Bernardes

Governador de São Paulo:

Carlos de Campos

Legislação

Lei de Férias.

Repressão

1925 - 1927 | DEOPS: Repressão ao operariado. Prisões de grevistas, gráficos, tecelões, intelectuais (anarquistas, socialistas, comunistas e antifascistas); confisco de jornais, panfletos e livros.

Resistência

1925 - 1927: Anarquistas, socialistas, comunistas e antifascistas atuam na clandestinidade (greves e propaganda política).

1926

Presidente:

Artur Bernardes

Presidente:

Washington Luís

Governador de São Paulo:

Carlos de Campos

Fatos internacionais

Portugal: Golpe de Estado.

Legislação

Lei regulamenta trabalho de menores.

Organizações Políticas

Criação do Partido Democrático - (PD) em São Paulo.

1927

Presidente:

Washington Luís

Governador de São Paulo:

Carlos de Campos

Governador de São Paulo:

Antônio Dino da Costa Bueno

Governador de São Paulo:

Júlio Prestes

Fatos internacionais

URSS: Trotsky é expulso do Partido Comunista (PC).

Legislação

Lei 5221 (Lei Celerada) amplia os poderes policiais.

Resistência

Imagem: Luís Carlos Prestes exilado na Bolívia, 1927. Crédito: Arquivo Público do Estado, Prontuário nº. 489.

Ao término da Coluna Prestes, lideres exilam-se na Bolívia e no Uruguai.

Luís Carlos Prestes adere ao socialismo, com propostas de uma revolução armada.

1928

Presidente:

Washington Luís

Governador de São Paulo:

Júlio Prestes

Organizações Políticas

Imagem: Grupo de nazistas portando suástica. São Paulo, década de 1930. Crédito: Arquivo Público do Estado de São Paulo, Prontuário nº. 7383.

Criação do Partido Nazista no Brasil e do Partido Nazista de São Paulo.

1929

Presidente:

Washington Luís

Governador de São Paulo:

Júlio Prestes

Fatos internacionais

Crise econômica internacional: colapso da Bolsa de Nova York.

Organizações Políticas

Formação da Aliança Liberal: Getúlio Vargas e João Pessoa candidatos à presidente da República e vice.

1930

Presidente:

Washington Luís

Presidente:

Junta Governativa Provisória

Presidente:

Getúlio Vargas - Governo Provisório

Governador de São Paulo:

Júlio Prestes

Governador de São Paulo:

Heitor Teixeira Penteado

Governador de São Paulo:

Interventores federais

Fatos internacionais

Alemanha: Partido Nazista elege 107 deputados para o Parlamento.

Legislação

Criação do Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio

Repressão

Golpe de Estado: Deposição de Washington Luís.

Getúlio Vargas assume o Governo Provisório.

1931

Presidente:

Getúlio Vargas - Governo Provisório

Governador de São Paulo:

Interventores federais

Legislação

Decreto nº 19770 restringe a presença de estrangeiro nas empresas nacionais.

Organizações Políticas

Fundação da Frente Negra Brasileira (FNB) em São Paulo.

1932

Presidente:

Getúlio Vargas - Governo Provisório

Governador de São Paulo:

Interventores federais

Fatos internacionais

Alemanha: Partido Nazista vence eleições.

Legislação

Código Eleitoral.

Decreto nº 21240 cria o serviço de censura aos filmes cinematográficos.

Organizações Políticas

Imagem: Reunião de integralistas. São Paulo, 3/08/1936. Crédito: Arquivo Público do Estado de São Paulo, Prontuário nº. 40499.

Criação da Ação Integralista Brasileira - AIB, de inspiração fascista.

Repressão

Empastelamento do jornal Diário Carioca, alinhado às forças constitucionalistas.

Resistência

Revolução Constitucionalista em São Paulo, contra o governo Vargas.

1933

Presidente:

Getúlio Vargas - Governo Provisório

Governador de São Paulo:

Interventores federais

Fatos internacionais

Alemanha: Hitler indicado chanceler, proclamado o III Reich.

Organizações Políticas

Criação da organização Fascio Cesare Batistti, em Itápolis - SP.

Repressão

Criação da Comissão de Repressão ao Comunismo.

1934

Presidente:

Getúlio Vargas - Governo Provisório

Governador de São Paulo:

Interventores federais

Fatos internacionais

Alemanha: Hitler assume a Presidência.

Legislação

2ª Constituição da República.

Decreto 24776: Lei de Imprensa.

Organizações Políticas

O jornal Fanfulla propaga o fascismo em São Paulo.

Resistência

Greves operárias e protestos populares em vários estados.

1935

Presidente:

Getúlio Vargas - Governo Provisório

Governador de São Paulo:

Interventores federais

Governador de São Paulo:

Armando de Sales Oliveira

Fatos internacionais

Itália: Mussolini invade Etiópia.

Legislação

Lei de Segurança Nacional define crimes contra Ordem Política e Social.

Organizações Políticas

Imagem: Reunião da Aliança Nacional Libertadora - ANL. Cruzeiro - SP,  30/06/1935. Crédito: Arquivo Público do Estado de São Paulo, Prontuário nº. 3840.

Criação da Aliança Nacional Libertadora (ALN), liderada por Luís Carlos Prestes.

Repressão

Fechamento da Aliança Nacional Libertadora (ALN).

Decretado Estado de Sítio.

Resistência

Insurreição Comunista em Natal, Recife e Rio de Janeiro.

1936

Presidente:

Getúlio Vargas - Governo Provisório

Governador de São Paulo:

Armando de Sales Oliveira

Governador de São Paulo:

Henrique Smith Bayma

Fatos internacionais

Guerra Civil Espanhola.

Alemanha, Japão e Itália: Pacto do Eixo.

Legislação

Lei nº 244 cria o Tribunal de Segurança Nacional.

Repressão

Decretado Estado de Guerra.

Repressão aos comunistas: Prisão de Luís Carlos Prestes e lideres da Insurreição Comunista; expulsão de Olga Benário, entregue grávida à Gestapo.

Divulgação do Plano Cohen.

1937

Presidente:

Getúlio Vargas - Estado Novo

Governador de São Paulo:

Henrique Smith Bayma

Governador de São Paulo:

José Cardoso de Mello Neto

Governador de São Paulo:

Interventores federais

Fatos internacionais

Espanha: Franco proclama Falange partido único. A cidade de Guernica é destruída pela aviação alemã.

Legislação

Carta Constitucional define presidente como autoridade suprema do Estado e estabelece a censura prévia.

Circular secreta nº 1127: Itamaraty proíbe concessão de vistos aos judeus..

Organizações Políticas

Proliferação de organizações fascistas: Organizações Juvenis de Italianos no Exterior, Legione Operaia del Lavoro, Opera Nazionale Doppolavoro, Circolo Italiani Unitii, Escola Gabriele d'Annunzio.

Criação de União Nacional dos Estudantes (UNE).

Repressão

Imagem: Desfile Integralista na Av. Paulista. São Paulo, 18/07/1937. Crédito: Arquivo Público do Estado de São Paulo, Prontuário nº. 40583.

Golpe de Estado, suprimidos partidos políticos e a liberdade de expressão.

1938

Presidente:

Getúlio Vargas - Estado Novo

Governador de São Paulo:

Interventores federais

Fatos internacionais

Alemanha: Noite dos cristais.

Firmado Eixo Roma-Berlim.

Legislação

Decreto-lei nº393 proíbe estrangeiros de participar de atividades políticas e dispõe sobre a expulsão.

Repressão

Polícia nacionalista obriga associações estrangeiras a mudar de nome, proíbe uso em público e ensino, nas escolas, de língua estrangeira.

Resistência

O movimento Italianità luta pela preservação da identidade italiana (difusão da língua e cultura) em todo o país.

1939

Presidente:

Getúlio Vargas - Estado Novo

Governador de São Paulo:

Interventores federais

Fatos internacionais

Alemanha: II Guerra Mundial (1939-1945).

Espanha: Fim da guerra civil, vitória de Franco.

Legislação

Decreto nº1915 cria o Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP).

Organizações Políticas

Organização Nacional Desportiva, de Inspeção Fascista, se consolida em São Paulo, Limeira e Valinhos (SP).

Repressão

Imagem: livro Fascismo ou Liberdade, 20 mil exemplares confiscados pelo DEOPS/SP. São Paulo, 1939. Crédito: Arquivo Público do Estado de São Paulo. Prontuário nº. 43707.

Testemunhas de Jeová: prisões e confisco do livro Fascismo ou Liberdade.

Prisão de imigrantes por falar língua estrangeira em público.

Censura postal e confisco de jornais estrangeiros.

Resistência

Testemunhas de Jeová organizam marcha pública com distribuição de livros denunciando os campos de concentração nazista.

1940

Presidente:

Getúlio Vargas - Estado Novo

Governador de São Paulo:

Interventores federais

Fatos internacionais

México: assassinato de Trotsky.

1941

Presidente:

Getúlio Vargas - Estado Novo

Governador de São Paulo:

Interventores federais

Legislação

Criada a Justiça do Trabalho.

1942

Presidente:

Getúlio Vargas - Estado Novo

Governador de São Paulo:

Interventores federais

Fatos internacionais

EUA e Brasil: Ingressam na II Guerra Mundial.

Legislação

Decretado o Estado de Guerra.

Repressão

Imagem: Tripulantes alemães do navio Winduk, prisioneiros do governo brasileiro. Praia Grande - SP, 4/03/1942. Crédito: Arquivo Público do Estado de São Paulo, Dossiê 50-Z-49.

Perseguição aos "Súditos do Eixo" (alemães, italianos e japoneses): vigilância, prisão, detenção e confinamento.

Olga Benário executada no campo de concentração de Bernburg (Alemanha).

Resistência

Fundado o Movimento de Alemães Livres do Brasil.

1943

Presidente:

Getúlio Vargas - Estado Novo

Governador de São Paulo:

Interventores federais

Legislação

Promulgação da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Criação da Força Expedicionária Brasileira (FEB).

Circular controla o direito de ir e vir de estrangeiros no país.

1944

Presidente:

Getúlio Vargas - Estado Novo

Governador de São Paulo:

Interventores federais

Repressão

Imagem: Comemoração oficial do Primeiro de Maio no estádio do Pacaembu. São Paulo, 01/05/1944. Crédito: Arquivo Público do Estado, DEIP E6717.

Vargas promove mobilização de massa em apoio à sua ditadura.

1945

Presidente:

Getúlio Vargas - Estado Novo

Presidente:

José Linhares

Governador de São Paulo:

Interventores federais

Fatos internacionais

URSS: Ocupa Berlim.

Alemanha: Suicídio de Adolf Hitler.

Japão: EUA lançam bombas atômicas sobre Hiroshima e Nagasaki.

Organizações Políticas

Criação da União Democrática Nacional (UDN), Partido Social Democrata (PSD) e do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB).

Resistência

Imagem: Luiz Carlos Prestes visita sede do Comitê Municipal do Partido Comunista Brasileiro (PCB). Ribeirão Preto - SP, 12/08/1945. Crédito: Arquivo Público do Estado de São Paulo, Dossiê OS 1905.

Legalização do Partido Comunista Brasileiro (PCB).

Queremismo: Movimento pela permanência de Vargas no poder.

Congresso Brasileiro de Escritores, em São Paulo, manifesta-se pelas liberdades democráticas.

1946

Presidente:

José Linhares

Presidente:

Eurico Gaspar Dutra

Governador de São Paulo:

Interventores federais

Fatos internacionais

Alemanha: Julgamento de Nuremberg.

EUA: Criação da ONU - Organização das Nações Unidas.

Argentina: Eleito Perón.

Guerra da Indochina (1946 - 1954).

Legislação

4ª Constituição da República.

Decreto-Lei nº 9070 cerceia direito de greve.

Circular nº 293 controla vistos para judeus e japoneses.

1947

Presidente:

Eurico Gaspar Dutra

Governador de São Paulo:

Interventores federais

Governador de São Paulo:

Adhemar de Barros

Fatos internacionais

Guerra Fria: Polarização do mundo entre EUA e URSS.

Partilha da Palestina.

Índia e Paquistão: Independência.

Legislação

Instrução nº 117/511 proíbe a concessão de vistos de entrada aos judeus.

Organizações Políticas

Criação do Partido Socialista Brasileiro (PSB).

Repressão

Cassação do registro do PCB.

Intervenção do Ministério do Trabalho nos sindicatos; afastamento e detenção de dirigentes sindicais.

1948

Presidente:

Eurico Gaspar Dutra

Governador de São Paulo:

Adhemar de Barros

Fatos internacionais

Criação da OEA (Organização dos Estados Americanos).

ONU: Criação do Estado de Israel; aprovada a Declaração Universal dos Direitos Humanos, promulgada a Convenção para prevenção e repressão do crime de genocídio.

Legislação

Circular nº589 cria regras antissemitas para a concessão de vistos.

Criação da Escola Superior de Guerra (ESG).

Repressão

Imagem: "Todos expulsos do Brasil a 27/02/1948", anotação em foto confiscada e anexada a prontuário do DEOPS. Crédito: Arquivo Público do Estado de São Paulo, Prontuário nº. 87.770.

Cassação do mandato dos deputados comunistas.

Perseguição aos militantes do PCB.

Intervenção nos sindicatos.

DEOPS confisca o jornal Voz Sionista (Rio de Janeiro).

1949

Presidente:

Eurico Gaspar Dutra

Governador de São Paulo:

Adhemar de Barros

Fatos internacionais

Criação da OTAN - Organização do Tratado do Atlântico Norte.

Alemanha: Dividida em República Federal e República Democrática.

China: Proclamação da República Popular, liderada por Mao Tsé-Tung.

Legislação

Resolução nº161 restringe vistos de entrada a parentes de judeus.

Repressão

Repressão aos movimentos sociais no campo em São Paulo.

1950

Presidente:

Eurico Gaspar Dutra

Governador de São Paulo:

Adhemar de Barros

Fatos internacionais

EUA: Macarthismo, política de repressão ao comunismo.

1951

Presidente:

Eurico Gaspar Dutra

Presidente:

Getúlio Vargas

Governador de São Paulo:

Adhemar de Barros

Governador de São Paulo:

Lucas Nogueira Garcez

Fatos internacionais

Coréia: Tropas da ONU agem contra comunistas.

Legislação

Lei nº1390 (Lei Afonso Arinos) contra discriminação racial.

Decreto nº2 aprova a Convenção para prevenção e repressão do crime de genocídio.

1952

Presidente:

Getúlio Vargas

Governador de São Paulo:

Lucas Nogueira Garcez

Fatos internacionais

Cuba: General Fulgêncio Batista toma o poder.

Egito: Proclamação da República.

Organizações Políticas

Criada a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

1953

Presidente:

Getúlio Vargas

Governador de São Paulo:

Lucas Nogueira Garcez

Organizações Políticas

Fundação do Partido Operário Revolucionário Trotskista (PORT).

Resistência

Greve por reajuste salarial reúne 300 mil trabalhadores em São Paulo.

1954

Presidente:

Getúlio Vargas

Presidente:

Café Filho

Governador de São Paulo:

Lucas Nogueira Garcez

Repressão

Atentado contra Carlos Lacerda (Rio de Janeiro).

Resistência

Campanha de oposição a Vargas liderada pela União Democrática Nacional (UDN), militares e imprensa.

1955

Presidente:

Café Filho

Presidente:

Carlos Luz

Presidente:

Nereu Ramos

Governador de São Paulo:

Lucas Nogueira Garcez

Governador de São Paulo:

Jânio Quadros

Fatos internacionais

Pacto de Varsóvia: Países do bloco socialista europeu.

Argentina: Deposição de Perón.

Organizações Políticas

Formação das Ligas Camponesas.

Repressão

Imagem: Golpe da Legalidade depõe Carlos Luz. Rio de Janeiro, 11/11/1955. Crédito: Arquivo Nacional, BR RJANRIO PH.0.FOT.5617(15).

Carlos Luz permanece três dias na presidência.

1956

Presidente:

Nereu Ramos

Presidente:

Juscelino Kubitschek

Governador de São Paulo:

Jânio Quadros

Fatos internacionais

URSS: Crimes de Stalin denunciados no XX Congresso do Partido Comunista.

Marrocos e Tunísia: Independência.

Resistência

Revolta de Jacareacanga (PA), sublevação de oficiais da aeronáutica.

1957

Presidente:

Juscelino Kubitschek

Governador de São Paulo:

Jânio Quadros

Fatos internacionais

Mali, Mauritânia, Senegal, Chade, Gabão e Congo: Independência.

Resistência

Greve de 400 mil trabalhadores por reajuste salarial em São Paulo.

1959

Presidente:

Juscelino Kubitschek

Governador de São Paulo:

Jânio Quadros

Governador de São Paulo:

Carvalho Pinto

Fatos internacionais

Revolução Cubana.

Guerra do Vietnã (1959 - 1975).

Tibete: Invasão pela China, exílio de Dalai Lama.

Legislação

Criação da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (SUDENE).

1960

Presidente:

Juscelino Kubitschek

Fatos internacionais

Brasil: Inauguração de Brasília, nova capital.

Resistência

I Congresso de Lavradores e Trabalhadores Agrícolas.

Jango defende a reforma agrária sem indenização para os proprietários de terras.

1961

Presidente:

Juscelino Kubitschek

Presidente:

Jânio Quadros

Presidente:

Ranieri Mazzilli

Presidente:

João Goulart

Governador de São Paulo:

Carvalho Pinto

Fatos internacionais

Cuba: Fidel Castro adere ao marxismo-leninismo.

Legislação

Emenda nº4 estabelece o Regime Parlamentarista.

Organizações Políticas

Criação da organização Política Operária (POLOP) e do Centro Popular de Cultura (CPC/UNE).

1962

Presidente:

João Goulart

Presidente:

Carvalho Pinto

Organizações Políticas

Criação do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) e da Ação Popular (AP) por militantes estudantes da Juventude Universitária Católica (JUC) e agremiações da esquerda católica.

1963

Presidente:

João Goulart

Governador de São Paulo:

Carvalho Pinto

Governador de São Paulo:

Adhemar de Barros

Fatos internacionais

EUA: Assassinato do presidente Kennedy.

Legislação

Plebiscito põe fim ao Regime Parlamentarista.

Promulgado o Estatuto do Trabalhador Rural.

Repressão

4º Exército reprime manifestação de 30 mil camponeses no Recife.

Câmara dos Deputados rejeita Reforma Agrária e o Estatuto da Terra.

Resistência

Greve de 700 mil operários em São Paulo.

1964

Presidente:

João Goulart

Presidente:

Golpe militar 31/03/1964

Presidente:

Humberto Castelo Branco

Governador de São Paulo:

Adhemar de Barros

Fatos internacionais

EUA: Apoia Golpe de Estado no Brasil.

Legislação

AI-1: Eleições indiretas, suspensão da estabilidade dos funcionários públicos e da imunidade parlamentar, cassação dos mandatos eletivos.

Lei nº4.341 cria o Serviço Nacional de Informação (SNI).

Repressão

Decretado Estado de Sítio.

Queimado prédio da UNE.

Empastelamento do jornal Última Hora (Rio de Janeiro).

Intervenção em sindicatos e federações de trabalhadores.

Invasão da UNB, prisão de professores e alunos, cassação de direitos políticos.

Militares transferidos para a reserva.

Navio Raul Soares é utilizado como prisão política em Santos.

Resistência

Protestos em todo o país contra o golpe militar.

Show Opinião no Rio de Janeiro (Zé Keti, Nara Leão, Maria Bethânia e João do Vale).

1965

Presidente:

Humberto Castelo Branco (Ditadura Civil-Militar)

Presidente:

Adhemar de Barros

Fatos internacionais

EUA: Enviam tropas para o Vietnã.

Legislação

AI-2: Eleições indiretas, extinção dos partidos políticos, julgamento de civis por tribunais militares.

AC-4: Imposição do bipartidarismo - Arena X MDB.

Repressão

Intervenção em sindicatos, extinção de entidades de representação estudantis, invasão de universidades, detenções e prisões indiscriminadas, demissões de professores na UNB.

Atentado a bomba no prédio do jornal O Estado de S Paulo.

Resistência

Manifestações de oposição ao governo.

Exílio de intelectuais, professores pedem demissão da UNB.

1º Festival de Música Popular Brasileira (TV Excelsior), vence Elis Regina com Arrastão.

1966

Presidente:

Humberto Castelo Branco (Ditadura Civil-Militar)

Governador de São Paulo:

Adhemar de Barros

Governador de São Paulo:

Laudo Natel

Fatos internacionais

Argentina: Golpe Militar.

China: Revolução cultural por Mao Tsé-Tung.

Legislação

AI-3: Eleições indiretas, para governador e para prefeitos das capitais.

AI-4: Congresso vota a Constituição.

Organizações Políticas

Criação de diversas organizações clandestinas: Movimento Revolucionário 8 de outubro (MR-8), Partido Comunista Revolucionário (PCR), Movimento Revolucionário 26 de Março (MR-26), Dissidência Universitária de São Paulo do PCB  (DISP).

Repressão

Cassação de deputados federais.

Cassado Ademar de Barros, governador de São Paulo.

Luís Carlos Prestes é condenado a 14 anos de prisão.

1967

Presidente:

Humberto Castelo Branco (Ditadura Civil-Militar)

Presidente:

Artur da Costa e Silva (Ditadura Civil-Militar)

Governador de São Paulo:

Laudo Natel

Governador de São Paulo:

Roberto Abreu Sodré

Fatos internacionais

Bolívia: Assassinato de Che Guevara.

Israel, Egito, Jordânia e Síria: Guerra dos Seis Dias.

Legislação

Carta Constitucional.

Lei de Imprensa limita a liberdade de expressão.

Lei de Segurança Nacional define crimes contra segurança nacional e a ordem política e social.

Organizações Políticas

Formação da Frente Ampla, liderada por Carlos Lacerda, Juscelino Kubitschek e João Goulart.

Criação de diversas organizações clandestinas: Ação Libertadora Nacional (ALN), Ala Vermelha do PCdoB, Corrente Revolucionária de Minas Gerais.

Repressão

Imagem: Guerrilheiros detidos pela polícia militar de Minas Gerais na Serra do Caparaó, 01/04/1967 . Acervo Arquivo Público do Estado de São Paulo. 

Guerrilha brizolista derrotada pelo Exército na serra Caparaó.

Teatro Ruth Escobar, em São Paulo, é depredado pelo Comando de Caça aos Comunistas (CCC), elenco da peça Roda Viva é agredido.

Resistência

Luta pela redemocratização, anistia, eleições diretas e nova constituinte.

Glauber Rocha realiza os filmes Terra em transe e O dragão da maldade contra o santo guerreiro.

Plínio Marcos estreia as peças Dois perdidos numa noite suja e Navalha na carne, no Rio de Janeiro.

1968

Presidente:

Artur da Costa e Silva (Ditadura Civil-Militar)

Governador de São Paulo:

Roberto Abreu Sodré

Fatos internacionais

EUA: Assassinato de Martin Luther King e Robert Kennedy.

França: Rebelião de estudantes e trabalhadores.

Tchecoslováquia: Invadida pela URSS (Primavera de Praga).

Legislação

AI-5: Suspensão das garantias constitucionais sem prazo de duração.

Organizações Políticas

Criação de diversas organizações clandestinas: Partido Comunista Brasileiro Revolucionário (PCBR), Vanguarda Revolucionária (VPR), Comando de Libertação Nacional (COLINA), Partido Operário Comunista (POC).

Repressão

Imagem: Congresso da UNE. Ibiúna - SP, 12/10/1968. Crédito: Arquivo Público do Estado de São Paulo, dossiê 50-C-22-116.

Prisão de mais de 900 estudantes durante o congresso da UNE, em Ibiúna (SP).

Impedimento de Municípios elegem prefeitos.

Intervenção nos sindicatos.

Invasão da UNB, invasão do conjunto Residencial da USP (CRUSP).

Resistência

Imagem: MPB 4 no Festival da Canção. São Paulo, 19/11/1968. Crédito: Arquivo Público do Estado de São Paulo.

Agitação Estudantil após a morte do estudante Edson Lima Souto, no Rio de Janeiro.

Passeata dos 100 mil no Rio de Janeiro.

Greve dos Operários em Contagem (MG) e em Osasco (SP).

Batalha na Rua Maria Antônia entre estudantes da USP e do Mackenzie em São Paulo.

1969

Presidente:

Artur da Costa e Silva (Ditadura Civil-Militar)

Presidente:

Emílio Garrastazu Médici (Ditadura Civil-Militar)

Governador de São Paulo:

Roberto Abreu Sodré

Fatos internacionais

Tratado de Não-proliferação de Armas Nucleares.

Chile: Eleição de Salvador Allende.

Rodésia: Independência.

Legislação

Lei de Segurança Nacional: Pena de morte, prisão perpétua, expulsão e banimento.

Organizações Políticas

Criação de diversas organizações clandestinas: Vanguarda Armada Revolucionária Palmares (VAR) , Movimento Revolucionário dos Trabalhadores (PRT), Resistência Armada Nacional (RAN),Movimento de Ação Revolucionária (MAR), Frente de Libertação Nacional (FLN), M3G-Marx, Mao, Marighela e Guevara.

Repressão

Imagem: Registro do corpo de Carlos Marighella em prontuário do DEOPS/SP. Crédito: Arquivo Público do Estado.

Censura: Proibida veiculação de notícias sobre Esquadrão da Morte, guerrilha, racismo e indígenas.

Suspensos os direitos políticos e cassação de mandatos.

Assassinato do Padre Henrique Pereira, auxiliar de Dom Helder Câmara.

Criada a Operação Bandeirantes (Oban), destinada à eliminação de opositores ao regime.

Instituído o DOI-Codi (Departamento de Operações Internas - Centro de Operações para Defesa Interna) destinado a combater a "subversão" e a luta armada.

Assassinato, sob tortura, na Oban, de Virgílio Gomes da Silva, que comandou sequestro do embaixador norte-americano Charles Elbrick.

Assassinato de Carlos Marighella em São Paulo por agentes do DEOPS/SP.

Resistência

Imagem: Carro do embaixador americano Charles Elbrick. Rio de Janeiro, 5/09/1969. Crédito: Arquivo Nacional,

Sequestro do embaixador norte-americano Charles Elbrick pela ALN e MR-8 para troca de presos políticos.

1970

Presidente:

Emílio Garrastazu Médici (Ditadura Civil-Militar)

Governador de São Paulo:

Roberto Abreu Sodré

Fatos internacionais

Argentina: Golpe militar.

Bolívia: Golpe militar.

Legislação

Decreto nº1077, do Ministério da Justiça, impõe a censura prévia.

Repressão

Início do Sistema de Segurança Interna (Sissegin).

Eduardo Leite, "Bacuri", assassinado pelo DEOPS/SP.

Resistência

Imagem: Ex-presos políticos "banidos do território nacional", trocados pelo embaixador alemão. Crédito: Arquivo Público do Estado de São Paulo, dossiê 30-Z-160-48.

Oposição ao governo com guerrilhas na cidade e no campo.

Sequestros do Cônsul do Japão em São Paulo (trocado por 5 presos políticos), do embaixador da Alemanha no Rio de Janeiro (trocado por 40 presos políticos) e do embaixador da Suíça (trocado por 70 presos políticos).

1971

Presidente:

Emílio Garrastazu Médici (Ditadura Civil-Militar)

Governador de São Paulo:

Roberto Abreu Sodré

Governador de São Paulo:

Laudo Natel

Fatos internacionais

Líbia, Egito e Síria: Federação das Repúblicas Árabes.

Legislação

Decreto-lei autoriza a edição de decretos secretos Lei de Diretrizes e Bases da Educação.

Organizações Políticas

Criação do Movimento de Libertação Popular (MOLIPO).

Repressão

Assassinato de Carlos Lamarca, líder da Vanguarda Popular Revolucionária (VPR), no interior da Bahia.

Desaparecimento do Deputado Rubens Paiva, detido por órgãos de segurança no Rio de Janeiro.

Educação: Anulada a heterogeneidade cultural e social; carga ideológica nacionalista (disciplinas: Educação Moral e Cívica e Organização Social e Política do Brasil).

1972

Presidente:

Emílio Garrastazu Médici (Ditadura Civil-Militar)

Governador de São Paulo:

Laudo Natel

Fatos internacionais

Irlanda do Norte: Domingo Sangrento.

Legislação

Emenda Constitucional n° 2: Eleições diretas para governadores.

Repressão

Operação militar para desarticular a Guerrilha do Araguaia, liderada pelo PCdoB.

Assassinato de Maria Lúcia Petit.

Imprensa é proibida de publicar notícias sobre a Anistia Internacional.

Resistência

Lançado Opinião no Rio de Janeiro, semanário de oposição.

1973

Presidente:

Emílio Garrastazu Médici (Ditadura Civil-Militar)

Governador de São Paulo:

Laudo Natel

Fatos internacionais

Chile: Allende é deposto e morto durante golpe militar. Assume general Pinochet.

Argentina: Eleitos Perón e Isabelita.

Uruguai: Governo militar.

Repressão

Assassinato, sob tortura no DOI-Codi, do estudante Alexandre Vannuchi Leme, em São Paulo.

Operação militar assassina os participantes da Guerrilha do Araguaia.

"Massacre da Chácara São Bento"; torturados e mortos militantes da VPR (Eudaldo Gomes da Silva, Pauline Reichstul, Evaldo Luís Ferreira de Souza, Jarbas Pereira Marques, José Manoel da Silva e Soledad Barret Viedma), em Paulista - PE.

Resistência

Dom Paulo Evaristo Arns realiza missa pela morte de Alexandre Vannuchi Leme na catedral de São Paulo.

1974

Presidente:

Emílio Garrastazu Médici (Ditadura Civil-Militar)

Presidente:

Ernesto Geisel (Ditadura Civil-Militar)

Governador de São Paulo:

Laudo Natel

Fatos internacionais

Portugal: Revolução dos Cravos.

Argentina: Morre Perón, assume Isabella Perón.

Legislação

Censura prévia de rádio e televisão.

Permitida Propaganda Eleitoral.

Organizações Políticas

Fundação do Movimento Feminista pela Anistia, por Therezinha Zerbini.

Repressão

Guerrilha do Araguaia: Desaparece Lúcio Petit da Silva; Osvaldo Orlando da Costa é morto pelo exército (sua cabeça é decepada e exposta na base militar de Xambioá).

Resistência

Paralisação dos teatros em repúdio à censura em São Paulo.

Fundado o jornal Movimento, de oposição a ditadura militar.

1975

Presidente:

Ernesto Geisel (Ditadura Civil-Militar)

Governador de São Paulo:

Laudo Natel

Governador de São Paulo:

Paulo Egydio Martins

Fatos internacionais

Operação Condor: Envolvendo Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Paraguai, e Uruguai.

EUA: Renúncia de Nixon (Watergate).

Espanha: Morte de Franco. Início do processo de redemocratização.

Angola e Moçambique: Independência.

Repressão

Assassinato do jornalista Vladimir Herzog nas dependências do DOI-codi, São Paulo.

Resistência

Imagem: Missa ecumênica em homenagem a Vladimir Herzog na Catedral da Sé. São Paulo, 31/10/1975. Crédito: Arquivo Público do Estado de São Paulo.

CNBB divulga Pastoral Social.

1976

Presidente:

Ernesto Geisel (Ditadura Civil-Militar)

Governador de São Paulo:

Paulo Egydio Martins

Fatos internacionais

Argentina: Deposição de Isabelita pelo general Videla.

Legislação

Decreto Lei n°6639 (Lei Falcão) altera Código Eleitoral.

Repressão

Assassinatos de Manoel Fiel Filho; Zuzu Angel; dirigentes do PCdoB e do Padre João Bosco Burnier.

Explosão de bombas na ABI e na OAB.

"Chacina da Lapa", agentes de repressão matam militantes do PCdoB (Pedro Pomar e Ângelo Arroyo), em São Paulo.

Resistência

Manifestações contra a ditadura.

Crescimento da Oposição.

1977

Presidente:

Ernesto Geisel (Ditadura Civil-Militar)

Governador de São Paulo:

Paulo Egydio Martins

Legislação

Congresso é fechado.

Pacote de Abril: Eleição indireta dos governadores, nomeação de senadores biônicos

Repressão

Invasão da PUC-SP: 1.100 presos.

Bloqueio do Campus da USP durante o 3° Encontro Nacional dos Estudantes.

Resistência

Movimento da sociedade civil pela recuperação dos direitos democráticos.

Mobilização estudantil pelo Dia Nacional Pela Anistia; 10 mil estudantes no Largo São Francisco, leitura da Carta aos Brasileiros, por Goffredo da Silva Telles Jr.

Campanha sindical por reajuste salarial.

1978

Presidente:

Ernesto Geisel (Ditadura Civil-Militar)

Governador de São Paulo:

Paulo Egydio Martins

Legislação

Revogação do AI-5.

Nova Lei de Segurança Nacional.

Extinção da Comissão de Investigações e revogação do banimento político.

Organizações Políticas

Fundação do Movimento Negro Unificado (MNU).

Criação do Comitê Brasileiro pela Anistia e do Movimento contra a Carestia.

Resistência

Ato pela Anistia: 3 mil pessoas na Universidade de São Paulo, publicação do Livro Negro da USP.

Movimento do Custo de Vida: 10 mil pessoas na Praça da Sé, em São Paulo.

Greve dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo.

Justiça de São Paulo responsabiliza a União pela morte de Vladimir Herzog.

I Encontro Nacional de Movimentos pela Anistia (carta de Salvador).

1979

Presidente:

Ernesto Geisel (Ditadura Civil-Militar)

Presidente:

João Batista Figueiredo (Ditadura Civil-Militar)

Governador de São Paulo:

Paulo Egydio Martins

Governador de São Paulo:

Paulo Maluf

Fatos internacionais

Nicarágua: Somoza derrubado por guerrilha sandinista.

Irã: Revolução Islâmica.

Afeganistão: Invasão pela URSS.

Legislação

Restabelecimento do pluripartidarismo.

Sancionada a Lei de Anistia.

Fim do decreto n°477, de repressão aos estudantes.

Aprovadas reformas partidárias.

Repressão

Imagem: Manifestação em frente à Igreja da Consolação pelo assassinato de Santo Dias. São Paulo, 31/11/1979. Crédito: Arquivo Público do Estado de São Pailo, dossiê 50-B-58-24.

Assassinato do operário Santo Dias da Silva.

Resistência

Imagem: Assembleia dos metalúrgicos de São Paulo no estádio do Pacaembu. São Paulo, 31/10/1979. Crédito: Arquivo Público do Estado de São Paulo, dossiê 50-B-58-24.

Exibição da faixa "Anistia ampla geral e irrestrita" no estádio do Morumbi.

Enterro do operário Santo Dias da Silva, com protesto de 10 mil pessoas, da igreja da Consolação à Praça da Sé, em São Paulo.

Greve de fome de presos políticos contra as limitações na Lei de Anistia.

Retorno de exilados pela Lei da Anistia.

Região do ABC: Greves e piquete na metalúrgica Sylvania.

1° Congresso da Mulher Paulista.

Reorganização da UNE.

1980

Presidente:

João Batista Figueiredo (Ditadura Civil-Militar)

Governador de São Paulo:

Paulo Maluf

Fatos internacionais

Irã e Iraque: Guerra do Golfo.

Legislação

Emenda constitucional restabelece eleições diretas para governadores.

Organizações Políticas

Reorganização partidária: O PDS substitui a Arena, e o PMDB substitui o MDB.

Leonel Brizola funda o Partido Democrático Trabalhista (PDT) e Ivete Vargas refunda o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB).

Repressão

Reação ao processo de abertura por paramilitares de direita: Atentados a bomba.

Assassinato de Wilson Souza Pinheiro, sindicalista rural, no Acre.

Prisão de dirigentes sindicais, como reação às greves, em São Paulo.

Resistência

Imagem: Manifestação Contra a Carestia. São Paulo, 22/09/1980. Crédito: Arquivo Público do Estado de São Paulo, dossiê 50-Z-0-86.

Greve dos metalúrgicos no Estado de São Paulo, e manifestações populares contra a carestia.

Liberada a peça Calabar, de Chico Buarque.

1981

Presidente:

João Batista Figueiredo (Ditadura Civil-Militar)

Governador de São Paulo:

Paulo Maluf

Repressão

Fracassa o atentado a bomba no Riocentro (Rio de Janeiro), organizado por militares.

1982

Presidente:

João Batista Figueiredo (Ditadura Civil-Militar)

Governador de São Paulo:

Paulo Maluf

Governador de São Paulo:

José Maria Marin

Fatos internacionais

Argentina e Grã-Bretanha: Guerra das Maldivas.

Legislação

Eleição direta para o Legislativo, governadores e prefeitos.

Extinção do DEOPS do Rio Grande do Sul.

Organizações Políticas

Concedido registro ao Partido dos Trabalhadores (PT), fundado em 1980.

Resistência

Vitória eleitoral da oposição em São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Paraná.

Greve de professores e funcionários das universidades federais.

1983

Presidente:

João Batista Figueiredo (Ditadura Civil-Militar)

Governador de São Paulo:

José Maria Marin

Governador de São Paulo:

Franco Montoro

Fatos internacionais

Argentina: Fim da Ditadura Militar.

Legislação

Extinção do DEOPS de São Paulo.

Organizações Políticas

Fundada a Central Única dos Trabalhadores (CUT) em São Bernardo do Campo.

Resistência

Greve na Companhia Siderúrgica Nacional (CSN).

Primeira manifestação pelas "Diretas Já", em São Paulo.

1984

Presidente:

João Batista Figueiredo (Ditadura Civil-Militar)

Governador de São Paulo:

Franco Montoro

Fatos internacionais

Uruguai: Eleições diretas.

Legislação

Revogação da Lei Falcão, permitindo o debate eleitoral na televisão.

Organizações Políticas

Fundação do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST).

Resistência

Comícios pelas "Diretas Já" reúne milhões de pessoas em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Dom Ivo Lorscheider eleito presidente da CNBB.

Greve na Companhia Siderúrgica Nacional (CSN).

1985

Presidente:

João Batista Figueiredo (Ditadura Civil-Militar)

Presidente:

Tancredo Neves (Eleito por eleições indiretas, acaba adoecendo e falecendo em 21/04/1985)

Presidente:

José Sarney

Governador de São Paulo:

Franco Montoro

Fatos internacionais

URSS: Gorbatchev presidente.

Argentina: Restabelecida a democracia com eleição de Raúl Alfonsín; criada a Comissão Nacional sobre o Desaparecimento de Pessoas (Conadep).

Legislação

Emenda Constitucional garante o retorno dos partidos comunistas à legalidade.

Eleições diretas para prefeitos das capitais e para presidente.

Organizações Políticas

Criação do Partido da Frente Liberal (PFL).

Resistência

Lançamento do livro Projeto Brasil: Nunca Mais, pela Arquidiocese de São Paulo.

1° Congresso Nacional do MST em Curitiba.

1986

Presidente:

José Sarney

Governador de São Paulo:

Franco Montoro

Fatos internacionais

Palestina: Reconhecida por Israel.

1988

Presidente:

José Sarney

Governador de São Paulo:

Orestes Quércia

Legislação

5° Constituição da República.

Lei de Diretrizes e Bases da Educação.

Organizações Políticas

Criação do Partido da Social Democrática Brasileira (PSDB).

Repressão

Assassinato de Chico Mendes, seringueiro e sindicalista, no Acre.

1989

Presidente:

José Sarney

Governador de São Paulo:

Orestes Quércia

Fatos internacionais

Alemanha: Queda do Muro de Berlim

Romênia: Revolução derruba regime comunista

China: Estudantes protestam na Praça Paz Celestial.

1990

Presidente:

José Sarney

Presidente:

Fernando Collor

Governador de São Paulo:

Orestes Quércia

Repressão

Localização da Vala Clandestina no Cemitério Dom Bosco (Perus, São Paulo), com 1.049 ossadas de presos políticos, indigentes e vítimas dos esquadrões da morte.

Resistência

Criação da Comissão Especial de Investigação das Ossadas de Perus.

1991

Presidente:

Fernando Collor

Governador de São Paulo:

Orestes Quércia

Governador de São Paulo:

Luiz Antônio Fleury

Fatos internacionais

Extinção da URSS: Fim dos regimes comunistas na Europa.

Guerra da Iugoslávia (1991 - 1995).

Legislação

Lei 8159 dispõe sobre a política nacional de arquivos públicos e privados.

Criado o Conselho Nacional de Arquivos, órgão que define a política nacional de arquivos.

Resistência

Transparência do arquivo DEOPS/SP para o Arquivo Público do Estado de São Paulo.

1992

Presidente:

Fernando Collor

Presidente:

Itamar Franco

Governador de São Paulo:

Luiz Antônio Fleury

Fatos internacionais

Peru: Golpe de Estado Fujimori.

Organizações Políticas

Criação do Partido Popular Socialista (PPS).

Repressão

Chacina de 111 presos na Casa de Detenção do Carandiru, São Paulo.

1993

Presidente:

Itamar Franco

Governador de São Paulo:

Luiz Antônio Fleury

Fatos internacionais

África do Sul: Fim do Apartheid.

Organizações Políticas

Criação do Partido Verde (PV).

Repressão

Chacinas na Candelária e na favela de Vigário Geral, Rio de Janeiro.

Índios Ianomâmis são executados na fronteira da Venezuela.

1994

Presidente:

Itamar Franco

Governador de São Paulo:

Luiz Antônio Fleury

Fatos internacionais

África do Sul: Mandela torna-se o primeiro presidente negro.

Ruanda: Genocídio de 800.000 pessoas.

1995

Presidente:

Fernando Henrique Cardoso

Governador de São Paulo:

Mário Covas

Fatos internacionais

Israel: Assassinato do primeiro Ministro Yitzhak Rabin.

Legislação

Lei 9140 institui a Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos no Ministério da Justiça.

1996

Presidente:

Fernando Henrique Cardoso

Governador de São Paulo:

Mário Covas

Fatos internacionais

África do Sul: Nova constituição instituindo a igualdade racial.

Repressão

Massacre em Eldorado dos Carajás, Pará; morte do dezenove integrantes do MST.

1997

Presidente:

Fernando Henrique Cardoso

Governador de São Paulo:

Mário Covas

Fatos internacionais

Europa: Assinado o Tratado da União Europeia.

Legislação

Brasil reconhece a jurisdição obrigatória da Corte Interamericana dos Direitos Humanos.

Resistência

Manifestação do MST reúne 40 mil pessoas em Brasília.

1998

Presidente:

Fernando Henrique Cardoso

Governador de São Paulo:

Mário Covas

Fatos internacionais

Inglaterra: Pinochet é preso em Londres por terrorismo, tortura e genocídio.

Venezuela: Eleições de Hugo Chavez.

1999

Presidente:

Fernando Henrique Cardoso

Governador de São Paulo:

Mário Covas

Legislação

Criação do Ministério da Defesa, abrangendo Exército, Marinha e Aeronáutica.

2000

Presidente:

Fernando Henrique Cardoso

Governador de São Paulo:

Mário Covas

Repressão

Comemorações dos 500 anos do Brasil marcadas por confrontos na BR-367, no sul da Bahia. Cerca de 3 mil pessoas, entre índios, sem-terra, negros e demais manifestantes protestam contra a exclusão social no país.

2001

Presidente:

Fernando Henrique Cardoso

Governador de São Paulo:

Geraldo Alckmin

Fatos internacionais

EUA: Atentado ao World Trade Center e ao Pentágono.

Afeganistão: Invasão pelos EUA.

Legislação

Criação da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça.

Lei Estadual n°10726 institui a Comissão Especial para Julgamento de indenizações a Ex-Presos Políticos.

Resistência

1° Fórum Social Mundial em Porto Alegre.

Criação do Fórum Permanente de Ex-Presos e Perseguidos Políticos do Estado de São Paulo.

Manifestação contra a Área de Livre Comércio entre as Américas - ALCA e o G-8 (sete países mais ricos do mundo mais a Rússia) - reúne em passeatas, em vários estados do país, entidades sindicais e do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, militantes e dirigentes de partidos políticos e estudantes.

2002

Presidente:

Fernando Henrique Cardoso

Governador de São Paulo:

Geraldo Alckmin

Fatos internacionais

Timor-Leste: Torna-se Estado Independente.

Legislação

Decreto nº 4553 qualifica documentos e define prazos de duração da classificação.

Lei Estadual n°11242 dispõe sobre indenização a pessoas detidas por atividades políticas.

Resistência

Secretaria de Justiça, de Defesa da Cidadania e Comissão Especial de Anistia analisam os processos de indenização.

2003

Presidente:

Luiz Inácio Lula da Silva

Governador de São Paulo:

Geraldo Alckmin

Fatos internacionais

Guerra no Iraque: Início da ocupação pelos EUA.

Legislação

Criação da Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República.

Repressão

Contra a abertura dos arquivos de repressão: "Interesse nacional está acima do conhecimento da verdade..." diz General Oswaldo Pereira Gomes, representante das Forças Armadas na Comissão Especial de Mortos e Desaparecidos Políticos do Ministério da Justiça.

Resistência

Sociedade civil pressiona o governo para abertura dos arquivos sobre ditadura.

2004

Presidente:

Luiz Inácio Lula da Silva

Governador de São Paulo:

Geraldo Alckmin

Legislação

Lei Estadual 13202 define direito à indenização em São Paulo.

Medida Provisória 228 e Decreto n°5301 outorgam ao Poder Executivo decisão sobre o acesso à informações sigilosas.

Organizações Políticas

Criação do Partido Socialista e Liberdade (PSOL).

Resistência

Governo de São Paulo indeniza 10 ex-presos políticos.

2005

Presidente:

Luiz Inácio Lula da Silva

Governador de São Paulo:

Geraldo Alckmin

Fatos internacionais

Bolívia: Eleição de Evo Morales, primeiro presidente indígena.

Legislação

Criação de Grupo Interministerial para discussão de leis de radiodifusão.

Lei n° 11111 estabelece que documentos sigilosos podem ficar indefinidamente vetados à consulta.

Repressão

Fechamento de rádios comunitárias pela Anatel e Polícia Federal.

Resistência

Acampamento Internacional da Juventude denuncia o fechamento de rádios comunitárias.

Arquivo Nacional recebe documentos originais da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN).

2006

Presidente:

Luiz Inácio Lula da Silva

Governador de São Paulo:

Geraldo Alckmin

Governador de São Paulo:

Cláudio Lembo

Fatos internacionais

Iraque: Execução Saddam Hussein.

Repressão

Repressão de manifestação de 500 trabalhadores do MST.

Resistência

Governo de São Paulo determina o pagamento de indenizações a 166 ex-presos políticos.

2007

Presidente:

Luiz Inácio Lula da Silva

Governador de São Paulo:

José Serra

Legislação

Lei Estadual reabre prazo para pedido de indenização em São Paulo.

Organizações Políticas

Criação do Partido Democratas (DEM).

2008

Presidente:

Luiz Inácio Lula da Silva

Governador de São Paulo:

José Serra

Fatos internacionais

EUA: Eleição de Barack Obama.

Repressão

Governo Federal defende, no STF, a manutenção do sigilo sobre documentos históricos relacionados a época da ditadura.

Resistência

Memorial da Resistência no antigo prédio do DEOPS/SP.

Portaria nº 858 institui o projeto do Memorial da Anistia Política.

Eixos temáticos da linha do tempo