Personalização

Acessibilidade

Idioma do site

Em formato híbrido, Sábado Resistente discute impactos da ditadura civil-militar

Encontro discute a suspensão do direito ao voto na ditadura e os movimentos de resistência

No dia 30 de abril, os Sábados Resistentes voltaram a ocupar o auditório do Memorial da Resistência em formato híbrido e foram acompanhados presencialmente e através dos canais do Facebook e Youtube do museu.

O encontro teve como tema “Os anos de ditadura e a suspensão das eleições: organizações de resistência pós 1964 no Brasil.” Em 2022, a programação dos Sábados Resistentes discute a construção da cidadania do povo brasileiro, marcada por lutas sociais e repressões políticas.

Participaram do encontro:
– Maria Aparecida Aquino: historiadora social e professora da Faculdade de Filosofia, Letras e Direitos Humanos (FFLCH) da USP, coordenou o Projeto Mapeamento e Sistematização do Acervo Deops/SP.
– Marcelo Ridenti: cientista social e professor na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).
– Sônia Brandão: professora do Ensino Médio, desenvolveu um trabalho com seus alunos sobre a construção da democracia a partir de um percurso aos lugares da memória da ditadura e resistência na cidade de São Paulo.

Assista à gravação do encontro:

Sábado Resistente
Quando: 30.04, a partir das 14h.
Onde: Auditório do Memorial da Resistência
Transmissão:  Facebook e Youtube do Memorial da Resistência | Facebook e Youtube do Núcleo Memória | Facebook e Youtube do Tutaméia