Personalização

Acessibilidade

Sábado Resistente tem direitos humanos em foco

Conversa online deu início à série de encontros do ano discutindo a importância da educação voltada aos direitos humanos

Realizado no dia 27 de março, o primeiro Sábado Resistente do ano discutiu os desafios e caminhos para o fortalecimento dos direitos humanos no país. O encontro foi realizado em formato online e contou com a presença dos convidados Aida Maria Monteiro Silva, coordenadora da REDH – Rede de Educação em Direitos Humanos, e de Paulo Vanucchi, Ministro de Estado – Chefe da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República entre os anos 2010 e 2015.

Durante a conversa foi reforçado o papel da Educação em Direitos Humanos para a cidadania plena e a igualdade social, entendendo-a como instrumento de libertação e emancipação de cidadãos. Realizando um breve panorama histórico, Aida Maria Monteiro Silva apontou a ditadura civil-militar (1964-1985) como um período marcado por graves violações de direitos humanos . O período de redemocratização viu surgir um movimento nacional em prol dos direitos humanos que, nos anos 2000, ganha amplitude e força nos órgãos federativos a partir do Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos (PNEDH).

O importante documento, que oferece subsídios teórico-metodológicos para a formulação de diretrizes curriculares na educação formal, foi assunto da fala de Paulo Vanucchi. O ex-ministro de Direitos Humanos pontuou alguns importantes marcos estabelecidos pelo Plano, entre eles a instituição de uma Comissão Nacional da Verdade, responsável por investigar graves violações de direitos humanos pelo Estado, e a tentativa inconstitucional por parte do atual governo federal em revisá-lo.

Durante o encontro foi também apresentado o catálogo digital do Curso Intensivo de Educação em Direitos Humanos – Memória e Cidadania, disponível para download. Também participaram da conversa Ana Pato, coordenadora do Memorial, e Maurice Politi e Oswaldo de Oliveira Santos Jr, do Núcleo Memória.

Confira na íntegra o encontro Sábado Resistente – Direitos Humanos em Foco:

Memorial Temporariamente Fechado

Seguindo as orientações do Plano São Paulo de combate à pandemia, o Memorial está fechado para atividades presenciais até que seja autorizado o seu funcionamento. O Memorial continua realizando atividades de maneira virtual! Para não perder nada da nossa programação online acompanhe nossos canais de comunicação.

Esperamos ver todos em breve!