Personalização

Acessibilidade

Idioma do site

Universidade de Campinas revoga título de doutor honoris causa de Jarbas Passarinho

Crédito: Arquivo Nacional

Ontem, 28 de setembro, o Conselho Universitário da UNICAMP (Consu) decidiu revogar, por unanimidade, o título de doutor honoris causa concedido em 30 de novembro de 1973 ao tenente-coronel Jarbas Passarinho, adepto ao AI-5 (Ato Institucional nº5) e ex-ministro do trabalho, da Previdência social e da Educação durante a ditadura civil-militar. 

Em abril deste ano, a UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) também anulou o título de doutor honoris causa ao coronel, mas, diferente da decisão da Universidade de Campinas, a decisão não foi unânime, sendo 34 votos favoráveis, 2 contrários e 8 abstenções.

O principal argumento para a revogação foi a ruptura com os preceitos presentes no artigo 158 do Estatuto da Universidade que concede o título  para “pessoas que tenham contribuído, de maneira notável, ao progresso das ciências, das letras ou das artes; e aos que tenham beneficiado, de forma excepcional, a humanidade ou tenham prestado relevantes serviços à Universidade”.

Após 48 anos, os docentes que formam o Consu conseguiram unir forças para reformular tamanho equívoco. A anulação simboliza um grande ganho para as famílias e amigos das vítimas mortas e torturadas durante o período ditatorial.

Memorial Temporariamente Fechado

Seguindo as orientações do Plano São Paulo de combate à pandemia, o Memorial está fechado para atividades presenciais até que seja autorizado o seu funcionamento. O Memorial continua realizando atividades de maneira virtual! Para não perder nada da nossa programação online acompanhe nossos canais de comunicação.

Esperamos ver todos em breve!