Personalização

Acessibilidade

Idioma do site

Lugares de memória e os legados deixados pelas Comissões da Verdade

Vídeo colaborativo reúne contribuições do Memorial e de outros Sítios de Memória para refletir sobre o tema 

De que forma o legado da Comissão da Verdade em seu país contribui para a construção da paz e do fortalecimento da democracia? Foi essa a pergunta que o Memorial e outros membros da RESLAC, a Rede Latino-Americana e do Caribe de Sítios de Memória, e da Rede Africana de Sítios de Consciência buscaram responder em um vídeo colaborativo.

Diversas instituições de memória, de diferentes países, refletiram sobre a importância das Comissões da Verdade, os fatores que impedem o aproveitamento completo desta herança e como os lugares de memória e organizações civis mantêm o legado das Comissões da Verdade.

Assista ao vídeo para saber mais!

Sobre as Comissões Nacionais da Verdade
As Comissões da Verdade são importantes instrumentos criadas pelo Estado para investigar violações de direitos humanos ocorridas em determinando período da história do país, bem como colaborar para sua reparação ética e política em busca da verdade, da memória e da justiça. No Brasil, nossa Comissão Nacional da Verdade (2011-2014) buscou arquivos, colheu depoimentos, realizou audiências públicas e produziu um extenso relatório final, disponível ao público.

Sobre a Coalizão Internacional de Sítios de Consciência
Rede global, fundada em 1999, que conecta sítios históricos, museus e memoriais dedicados à preservação de memórias traumáticas e à valorização dos direitos humanos. Busca incentivar a sociedade civil e as novas gerações a prevenir todas as formas de autoritarismo que possam vir a se manifestar nas sociedades. Atualmente conta com mais de 200 membros em 55 países. No Brasil, compõem a RESLAC, desde 2009, o Memorial da Resistência de São Paulo e o Núcleo de Preservação da Memória Política e, desde 2015, a Casa do Povo e o Museu da Imigração do Estado de São Paulo.

Memorial Temporariamente Fechado

Seguindo as orientações do Plano São Paulo de combate à pandemia, o Memorial está fechado para atividades presenciais até que seja autorizado o seu funcionamento. O Memorial continua realizando atividades de maneira virtual! Para não perder nada da nossa programação online acompanhe nossos canais de comunicação.

Esperamos ver todos em breve!