Personalização

Acessibilidade

Redes de Memória

Foto colorida de área externa de um museu com algumas pessoas vendo painéis. Eles são marrons com textos escritos em branco. Cada painel tem o nome de um país da América Latina. Na imagem podemos ler, da direita para esquerda, "Republica Dominicana", "México", "Guatemala", "El Salvador, "Uruguay", "Peru", "Paraguay", "Chile", "Argentina" e "Brasil". Ao fundo vemos bandeiras vermelhas e uma escadaria.
Exposição a céu aberto no pátio do Museu da Memória e de Direitos Humanos do Chile (2013)

O Memorial da Resistência é membro da Coalizão Internacional de Lugares de Consciência, compondo a Rede Latinoamericana e Caribenha de Lugares de Memória (RESLAC).

A Coalizão é uma rede mundial que se dedica à valorização e à manutenção de mais de 200 lugares simbólicos para as lutas passadas e contemporâneas por direitos, democracia e justiça.

Os membros da RESLAC e da Coalizão Internacional são museus, memoriais, locais históricos, parques públicos, iniciativas e organizações de memória que:

  • Interpretam a história por meio dos lugares.
  • Promovem a cidadania e a participação social por meio de atividades que reflitam sobre as questões sociais locais ou relacionadas ao espaço.
  • Promovem a justiça e a cultura universal dos direitos humanos.

Acompanhe as notícias de ambas as redes no site do Memorial.

Memorial Temporariamente Fechado

Seguindo as orientações do Plano São Paulo de combate à pandemia, o Memorial está fechado para atividades presenciais até que seja autorizado o seu funcionamento. O Memorial continua realizando atividades de maneira virtual! Para não perder nada da nossa programação online acompanhe nossos canais de comunicação.

Esperamos ver todos em breve!