Personalização

Acessibilidade

Idioma do site

Artistas Nipo-Brasileiros Durante a Segunda Guerra Mundial – Esperança nos trópicos

om curadoria de Ana Paula Nascimento, do Núcleo de Pesquisa e Crítica em História da Arte da Pinacoteca do Estado, a exposição Artistas Nipo-Brasileiros Durante a Segunda Guerra Mundial – Esperança nos trópicos ampliou o conteúdo da mostra Círculo Fechado e apresentou obras de cinco artistas nipo-brasileiros que pertenceram ao Seibi-Kai, primeiro grupo de artistas japoneses no Brasil.

Fundado em março de 1935, o Seibi desejava estreitar a amizade entre seus membros, estimular o fazer artístico pela pesquisa e pela crítica, promover aperfeiçoamento e difusão artística, apoiar os artistas nipônicos residentes no interior do estado, instalar um local de reunião e ateliê, organizar exposições coletivas e possibilitar a profissionalização.

Durante a participação do Brasil na II Guerra Mundial, as atividades do grupo eram restritas: “Era proibido realizar reuniões e comunicar-se na língua nativa em ambiente público, e havia restrições ao simples ato de ir e vir, como também à participação em mostras no exterior ou mesmo nos salões oficiais”, segundo a curadora.

A exposição apresentou ainda reproduções de documentos do Deops/SP expondo a perseguição sofrida por esses artistas.

Ficha Técnica

Curadoria
Ana Paula Nascimento

Memorial Temporariamente Fechado

Seguindo as orientações do Plano São Paulo de combate à pandemia, o Memorial está fechado para atividades presenciais até que seja autorizado o seu funcionamento. O Memorial continua realizando atividades de maneira virtual! Para não perder nada da nossa programação online acompanhe nossos canais de comunicação.

Esperamos ver todos em breve!