Personalização

Acessibilidade

Idioma do site

Memorial lança campanha para incentivar doação de livros escritos por mulheres

Campanha “Mais Vozes Femininas” pretende aumentar as perspectivas de gênero no acervo público do museu

Primeiro Congresso da Mulher Metalurgica, 1978 | Foto: Arquivo Público do Estado de São Paulo (APESP).

O Memorial da Resistência de São Paulo, museu da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, lança neste dia 11 de novembro a campanha Mais Vozes Femininas, que incentiva a doação de livros escritos e/ou organizados por mulheres para o acervo público do Memorial. A iniciativa tem como objetivo aumentar as perspectivas de gênero nos temas tratados pelo museu: Direitos Humanos, repressão estatal, resistência política, memória e patrimônio. 

A campanha faz parte da programação pensada pelo Acervo Bajubá, uma iniciativa comunitária de salvaguarda e pesquisa da memória e cultura LGBT brasileira. O projeto foi convidado pelo Memorial da Resistência para elaboração de ações a partir de uma imersão no Centro de Referência do museu, e constatou que dos mais de 800 livros disponíveis para consulta, apenas 104 são escritos por mulheres e 20 discutem gênero.  

A ampliação da diversidade de vozes disponíveis para consulta no acervo bibliográfico do museu tem o potencial de contribuir com diferentes perspectivas de como a repressão atravessa cada indivíduo. Como um acervo público, o Memorial da Resistência reconhece a importância de democratizar e disseminar as produções que mostrem as visões e experiências enfrentadas por mulheres cisgêneros, transexuais e travestis na sociedade brasileira em diferentes áreas do conhecimento.

Como doar?

As doações podem ser realizadas por editoras, acervos e pessoas físicas, presencialmente ou pelos Correios para o endereço Largo General Osório, 66, Santa Ifigênia – São Paulo (SP) – 01213-010. Para fazer sua contribuição, preencha aqui o formulário de doação.

Os doadores concorrem a um kit de publicações do Memorial da Resistência, onde estão inclusos: uma ecobag do Memorial da Resistência, adesivos, um catálogo da exposição Memórias do Futuro: Cidadania Negra, Antirracismo e Resistência, e os livros de memória institucional: Memorial da Resistência: 10 anos, presente! (2019), Conquistas e desafios (2016) e Memorial da Resistência (2009). O sorteio acontece acontece no dia 20 de dezembro, e será divulgado no site e nas redes sociais do Memorial. Confira as condições para participar:

  • O sorteio é uma forma de incentivar a doação de pessoas físicas. Editoras e organizações doadoras não concorrem ao kit.
  • A participação no sorteio é validada após o preenchimento do formulário de doação.
  • O kit sorteado será enviado apenas para regiões no Brasil.

Como consultar?

O Centro de Referência do Memorial da Resistência de São Paulo é um espaço dedicado à documentação, preservação e comunicação das memórias de repressão e resistência políticas no Brasil, e articula em rede fontes documentais, testemunhais, iconográficas e bibliográficas que permitem maior acesso do público ao acervo e conteúdos desenvolvidos pelo museu. 

Além dos livros disponíveis para consulta, o público tem acesso ao acervo audiovisual de entrevistas do programa Coleta Regular de Testemunhos, e às coleções de Lugares da Memória, Pessoas, Organizações e Eventos vinculados à repressão e resistência política no país. 

Os títulos disponíveis no acervo e as coleções podem ser consultadas gratuitamente através do site do Centro de Referência. Para acessar as entrevistas do programa Coleta Regular de Testemunhos virtual ou presencialmente, ou consultar o acervo bibliográfico presencialmente, entre em contato através do e-mail pesquisa@memorialdaresistenciasp.org.br.