Personalização

Acessibilidade

Idioma do site

Dossiê sobre militante Inês Etienne Romeu é lançado

Quarto e último dossiê faz parte de mediação da exposição Orgulho e Resistências: LGBT na ditadura

Arte gráfica feita filtro rosa sobre um recorte de jornal. No jornal vemos um destaque no lado direito onde há a foto de uma mulher que usa óculos e lemos os dizeres " A única prisioneira política que ficou de fora da anistia Inês Etienne Romeu".

Casa 1 – Centro de Cultura e Acolhimento LGBT acaba de disponibilizar o último dossiê realizado em ocasião da exposição Orgulho e Resistências: LGBT na ditadura, em cartaz no Memorial da Resistência até o dia 17 de maio. Entre os documentos produzidos está o dossiê “Se eu morrer- Inês Etienne e a denúncia da violência de estado e de gênero”, dedicado à história da militante Inês Etienne, única presa sobrevivente da Casa da Morte (Petrópolis/RJ), local clandestino utilizado pelos órgãos de repressão da ditadura militar brasileira (1964 -1985) para tortura e assassinatos.

O que você encontra no quarto dossiê:

  • Publicação dedicada à história da militante Inês Etienne:
  • Registro em vídeo da conversa sobre a publicação com mediação da educadora da Casa 1 Vanessa Soares e a presença de Lucila Lang, Isabel Cristina Leite e Julia Gumiei, autoras dos textos que compõem o livreto:

Memorial Temporariamente Fechado

Seguindo as orientações do Plano São Paulo de combate à pandemia, o Memorial está fechado para atividades presenciais até que seja autorizado o seu funcionamento. O Memorial continua realizando atividades de maneira virtual! Para não perder nada da nossa programação online acompanhe nossos canais de comunicação.

Esperamos ver todos em breve!