Personalização

Acessibilidade

À Margem

A exposição À Margem trouxe ao público uma reflexão sobre as formas de repressão às populações da cidade de São Paulo e sua resistência a partir de um fio condutor sinuoso: o Rio Tamanduateí. 

Rio das sete voltas, entidade sagrada para as populações originárias e elemento fundamental para a defesa do povoamento colonial, o Rio Tamanduateí foi, ao longo dos últimos séculos, alvo de projetos de controle, higienização, morte e enterramento em nome de um suposto desenvolvimento da cidade. 

O Tamanduateí que conhecemos – ou Tamanduatehy ou Piratininga – é parte de nossa existência. Da gente nativa – que também chegou aqui de algum lugar – ele foi fonte, foi vida, caminho e memória de quem por ele passou. Da gente que foi chegando, trazida por ambição, por sonho, por fuga ou à força, ele se manteve sendo o que era pelo tempo de que pôde.

Com robusta pesquisa histórica e expografia conduzidas pelos coletivos História da Disputa: Disputa da História e Mapa Xilográfico, a exposição utiliza mapas, instalações, fotografias e laudos técnicos para trazer ao público as histórias de populações e práticas que não constam nos livros de história, e resgatar, no tecido urbano e no imaginário, a participação das pessoas excluídas na construção da cidade.

Materiais da exposição

Ficha técnica

Curadoria

História da Disputa: Disputa da História

Projeto Expográfico

Coletivo Mapa Xilográfico

Projeto Gráfico 

Ana David

Produção

Paula Marujo

Beatriz Ricca

Angela Gennari (Projetos Culturais – APAC)

Bárbara Rodrigues Tavares (Projetos Culturais – APAC)

Leila Oliveira (Comunicação – APAC)

Luiza Giandalia (Memorial da Resistência)

Marília Bonas (Memorial da Resistência)

Coordenadora do Programa Educativo 

Aureli Alves de Alcântara

Educadores

Ana Carolina Ramella Rey Ammon 

Alessandra Santiago da Silva 

Daniel Augusto Bertho Gonzales 

Marcus Vinícius Freitas Alves

Renan Ribeiro Beltrame

Tratamento e edição de imagem

Fernando Banzi

Comunicação Visual

WaterVision

Montagem

Gala

Elastica

Tapetes

Coletivo Meiofio

Coletivo Tem Sentimento

Apoio 

Acervo Biblioteca Nacional

Arquivo Municipal Washington Luiz

Arquivo Público do Estado de São Paulo – APESP

Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin – USP

Biblioteca Mario de Andrade – SMC SP

Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo

Fundação Energia e Saneamento

Instituto Moreira Salles

Karmatique Imagens

Museu da Imagem e do Som

Museu da Cidade de São Paulo

Museu Paulista da Universidade de São Paulo

Santa Casa de Misericórdia

Agradecimentos 

Flavio Pires, Maria Veralucia Gomes, Tomiko Murata Hashimoto Mitumori, Profª. Olga von Simson, Márcia Aragão, Joana Darc Moreno de Andrade, Norma Shizue Miranda, Elzio José da Silva, Felipe Ridigolo da Silva, Dona Selma Maria e família, Claudia Silva.

E a todas e todos que defenderam as margens antes de nós.

Memorial Temporariamente Fechado

Seguindo as orientações do Plano São Paulo de combate à pandemia, o Memorial está fechado para atividades presenciais até que seja autorizado o seu funcionamento. O Memorial continua realizando atividades de maneira virtual! Para não perder nada da nossa programação online acompanhe nossos canais de comunicação.

Esperamos ver todos em breve!