Personalização

Acessibilidade

Idioma do site

Foto em preto e branco de prédio de 4 andares. As janelas basculantes quadradas do piso térreo, do primeiro e do segundo andar estão com os vidros todos quebrados. O mesmo ocorre com a retangular porta de entrada que fica no centro do prédio, em frente a uma pequena escadaria, onde estão subindo 2 soldados. Em frente à fachada do prédio, segurando uma pequena marquise, 3 colunas gregas e um poste com fiação elétrica.
FFCL em outubro de 1968 após o confronto da Batalha da Maria Antônia. Crédito: Arquivo Público do Estado de São Paulo
: Foto em preto e branco de detalhe da fachada de um prédio. No canto direito há uma coluna grega. Ao centro vemos uma grande janela basculante quadrada. Parte dela está sem vidros e os poucos que sobraram estão quebrados. Lemos no entorno desta janela as frases “abaixo imperialismo”, “abaixo a canalhada comunista”, “votou?”, “repressão”. No lado esquerdo da janela vemos uma placa de metal que está escrita: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras.
Faculdade de Filosofia depredada e pichada, em outubro 1968. Crédito: Acervo Iconographia.
Foto em preto e branco de rua com 5 soldados armados, 3 deles em posição de ataque e 2 correndo. No meio da rua vemos uma nuvem de fumaça. Atrás da nuvem, vemos um fusca passando. A calçada, pessoas afastadas observam. Na esquina, próximo ao fusca, um batalhão de soldados marcha.
Ação policial durante a Batalha da Maria Antônia. Crédito: Arquivo Público do Estado de São Paulo
Foto em preto e branco de vários homens jovens espalhados de forma desordenada em uma rua. A maioria está na calçada e apenas observa. No meio da rua há um grupo de 5 homens que carrega um que parece estar desmaiado. Dois outros homens se afastam correndo em direção à calçada. No entorno desta cena, mais homens que observam este movimento.
Manifestantes carregam estudante morto a tiro durante o confronto. Crédito: Arquivo Público do Estado de São Paulo.

Rua Maria Antônia

Memorial Temporariamente Fechado

Seguindo as orientações do Plano São Paulo de combate à pandemia, o Memorial está fechado para atividades presenciais até que seja autorizado o seu funcionamento. O Memorial continua realizando atividades de maneira virtual! Para não perder nada da nossa programação online acompanhe nossos canais de comunicação.

Esperamos ver todos em breve!