Acessibilidade

Idioma do site

Edital Memórias do Presente

Sobre

Voltado a pesquisadores, jornalistas, comunicadores e coletivos jornalísticos de todo o Brasil que atuam de forma independente, o edital Memórias do Presente: Comunicação em Direitos Humanos busca fomentar pesquisas e conteúdos jornalísticos que contribuam para a defesa dos direitos humanos e para a preservação das memórias sobre os períodos ditatoriais brasileiros, mediante publicação de uma reportagem especial no site e nas redes sociais do Memorial da Resistência de São Paulo. Em sua primeira edição, o edital traz como tema as memórias de resistência e repressão da ditadura civil-militar (1964-1985) em bairros periféricos de cidades do Estado de São Paulo.

Saiba mais sobre o regulamento abaixo. INSCRIÇÕES ENCERRADAS.

Propostas selecionadas edição 2021/22

Confira abaixo as propostas selecionadas, a serem desenvolvidas de acordo com o calendário estipulado abaixo:

1º Semestre:
Violência espraiada: ditadura e militarização para além da metrópole
Proponente: Luiza Izulina Catenaci Guerra

2º Semestre:
Escola de samba e a resistência negra durante a ditadura militar
Proponente: Djalma Lucio Leite de Campos

Comissão de seleção

Camilo Vannuchi: Jornalista, escritor, mestre e doutor em Ciências da Comunicação pela USP, foi membro e relator da Comissão da Memória e Verdade da Prefeitura de São Paulo. Autor do livro “Vala de Perus, uma biografia” (Editora Alameda, 2020)

Jéssica Moreira: Jornalista e escritora. É cofundadora do Nós, mulheres da periferia. É uma das autoras de “Queixadas – por trás dos 7 anos de greve” (2013), “Heroínas dessa História – mulheres em busca de Justiça por familiares mortos pela ditadura” (2020). Também escreveu sobre Ditadura no livro paradidático “Vala de Perus”, do Instituto Vladimir Herzog.

Raquel Melo: Jornalista. Trabalha com comunicação, focada nas transformações digitais e na defesa de direitos humanos. Atualmente é coordenadora de comunicação do Instituto Vladimir Herzog.

Produções

Ditadura e Periferia

Em parceria com o Memorial, a redação jornalística Nós, mulheres da periferia realizou uma reportagem especial sobre as lutas de resistência e as memórias da ditadura civil-militar em algumas das regiões periféricas da capital paulista. Confira a série de matérias: