Personalização

Acessibilidade

Idioma do site

Manifestação estudantil e, frente a um dos blocos do CRUSP em 1967. Crédito: Arquivo Público do Estado de São Paulo
Devido a atuação do movimento estudantil da USP em 1968 o CRUSP foi invadido pelo Exército e cerca de 800 estudantes foram presos.  Crédito: Alessandra Haro. Memorial da Resistência de São Paulo
Devido a atuação do movimento estudantil da USP em 1968 o CRUSP foi invadido pelo Exército e cerca de 800 estudantes foram presos.  Crédito: Alessandra Haro. Memorial da Resistência de São Paulo
Devido a atuação do movimento estudantil da USP em 1968 o CRUSP foi invadido pelo Exército e cerca de 800 estudantes foram presos. Crédito: Alessandra Haro. Memorial da Resistência de São Paulo
Devido a atuação do movimento estudantil da USP em 1968 o CRUSP foi invadido pelo Exército e cerca de 800 estudantes foram presos.  Crédito: Alessandra Haro. Memorial da Resistência de São Paulo
Devido a atuação do movimento estudantil da USP em 1968 o CRUSP foi invadido pelo Exército e cerca de 800 estudantes foram presos.  Crédito: Alessandra Haro. Memorial da Resistência de São Paulo
Devido a atuação do movimento estudantil da USP em 1968 o CRUSP foi invadido pelo Exército e cerca de 800 estudantes foram presos.  Crédito: Alessandra Haro. Memorial da Resistência de São Paulo
Devido a atuação do movimento estudantil da USP em 1968 o CRUSP foi invadido pelo Exército e cerca de 800 estudantes foram presos.  Crédito: Alessandra Haro. Memorial da Resistência de São Paulo
Devido a atuação do movimento estudantil da USP em 1968 o CRUSP foi invadido pelo Exército e cerca de 800 estudantes foram presos.  Crédito: Alessandra Haro. Memorial da Resistência de São Paulo

Conjunto Residencial da USP (CRUSP)