Personalização

Acessibilidade

Idioma do site

No dia 14 de junho de 1972, quatro integrantes da Ação Libertadora Nacional (ALN) foram executados pela repressão após se encontraram para uma reunião no restaurante Varella. Crédito: Alessandra Haro. Memorial da Resistência de São Paulo
Até hoje há dúvidas se os militantes foram mortos no local, já que seus corpos foram vistos por testemunhas na sede do DOI-Codi/SP. Crédito: Alessandra Haro. Memorial da Resistência de São Paulo
Convencidos de que o dono do restaurante foi o autor da denúncia à repressão, militantes da ALN o assassinaram dias depois na entrada do estabelecimento. Crédito: Alessandra Haro. Memorial da Resistência de São Paulo

Restaurante Varella

Memorial Temporariamente Fechado

Seguindo as orientações do Plano São Paulo de combate à pandemia, o Memorial está fechado para atividades presenciais até que seja autorizado o seu funcionamento. O Memorial continua realizando atividades de maneira virtual! Para não perder nada da nossa programação online acompanhe nossos canais de comunicação.

Esperamos ver todos em breve!