Personalização

Acessibilidade

Foto colorida de mulher de uns 60 anos vestida com uma camisa vermelha e um lenço branco na cabeça segurando uma foto em preto e branco do rosto de um homem que veste terno. Atrás dela há uma faixa branca, que podemos ler com letras pretas os dizeres “Onde estão nossos desaparecidos políticos?”.
Em 2014, Ato Público de Memória "DOI-Codi 50 anos do golpe" no pátio da atual delegacia onde funcionou o DOI-Codi/SP. Crédito: Ana Paula Brito. Memorial da Resistência de São Paulo
Fotografia em preto e branco de prédio quadrado de 2 andares. No meio da imagem da foto estão dispostos quatro cones de trânsito. No centro da imagem, ao fundo, vemos uma construção em formato de caixa com janelas quadradas. Acima da porta de entrada há uma placa onde lê-se “Distrito Policial Paraíso”. Do lado esquerdo da porta há um canteiro com uma árvore que ultrapassa a altura do prédio. No canteiro do lado direito da porta há três mastros com bandeiras. Ao fundo, na linha do horizonte atrás da delegacia, é possível ver muitos prédios ao redor. No primeiro plano da fotografia vemos uma placa de trânsito na qual lemos: “estacionamento exclusivo elaboração de ocorrências”.
Prédio onde funcionou o DOI-Codi, atualmente Delegacia. Crédito: Aline Lourenço Campanha. Acervo pessoal
Foto em preto e branco de uma escadaria que fica na área externa de uma construção. Ela é coberta com telhas. Na lateral esquerda vemos um carro branco estacionado. Na lateral direita, um muro branco com a pintura d4esgastada pelo tempo.
Prédio onde funcionou o DOI-Codi, atualmente Delegacia. Crédito: Aline Lourenço Campanha. Acervo pessoal
Instalações do antigo DOI-Codi/SP durante visita técnica em 2016. Crédito: Aline Lourenço Campanha. Acervo pessoal
Instalações do antigo DOI-Codi/SP durante visita técnica em 2016. Crédito: Aline Lourenço Campanha. Acervo pessoal
Instalações do antigo DOI-Codi/SP durante visita técnica em 2016. Crédito: Aline Lourenço Campanha. Acervo pessoal
Ato Ditadura Nunca Mais, 2019. Crédito: Pedro Biava. Acervo pessoal
Foto colorida de várias pessoas sentadas em cadeiras amarelas segurando fotografias em preto e branco do tamanho A3 de rostos. Muitas delas colocaram a fotografia em frente ao próprio rosto, enquanto outras seguram a imagem acima da própria cabeça.
Ato Ditadura Nunca Mais, 2019. Crédito: Pedro Biava. Acervo pessoal
Ato Ditadura Nunca Mais, 2016. Crédito: Pedro Biava. Acervo pessoal
Foto colorida de homens e mulheres de diferentes idades sentados em cadeiras de plástico amarelas observando um homem de uns 65 anos, de terno e grisalho que fala ao microfone. Na lateral esquerda deste homem vemos uma vaixa branca com os escritos: “Ditadura Empresas apoiaram, reprimiram e lucraram. Trabalhadores exigem justiça”.
Ato Ditadura Nunca Mais, 2019. Crédito: Pedro Biava. Acervo pessoal
Foto colorida de pessoas sentadas em uma área externa coberta por um toldo observando um homem que fala ao microfone. As pessoas na plateia seguram fotografias em preto e branco de rostos ou bandeiras vermelhas e estão de frente para que observa, enquanto o homem ao microfone está de costas em cima de um palco.
Ato Público de Memória, em 2014, "DOI-Codi 50 anos do golpe" no pátio da atual delegacia onde funcionou o DOI-Codi/SP. Crédito: Ana Paula Brito. Memorial da Resistência de São Paulo
Foto colorida de várias pessoas em frente a calçada de um prédio. São vários homens e mulheres de idades diferentes. Em cima dessas pessoas e no centro da imagem lemos, em uma faioxa branca ops escritos “ Ditadura nunca Mais” Com letras vermelhas e “Políticas Pública Sempre” com letras pretas. Na lçateral esquerda da faixa lemos, em uma placa de trânsito verde os escritos: “Estacionamento exclusivo elaboração de ocorrências” em branco.
Ato Público de Memória "DOI-Codi 50 anos do golpe", em 2014. Crédito: Ana Paula Brito. Memorial da Resistência de São Paulo.
Foto colorida de muitas fotografias de rostos em preto e branco são levantadas. Na imagem vemos apenas as fotografias sendo levantadas, uma mão com punhos levantados e uma outra mão que segura a haste de uma bandeira vermelha com detalhes amarelos. De costas, no centro da imagem, um homem de cabelos grisalhos e careca no topo de sua cabeça aparece desfocado e com o braço levantado com o punho fechado.
Ato Público de Memória "DOI-Codi 50 anos do golpe", em 2014. Crédito: Ana Paula Brito. Memorial da Resistência de São Paulo
Crédito: Aline Lourenço Campanha. Acervo Pessoal
Foto em preto e branco de pátio de estacionamento com 10 carros estacionados. Na frente da imagem, 4 deles estão parados em um ângulo de 45º enquanto os demais estão estacionados debaixo de uma área coberta. Ligado a esta área uma construção larga de 3 andares com 8 janelas retangulares do lado esquerdo e 6 janelas quadradas do lado direito. Ao fundo prédios de apartamentos altos.
Prédio onde funcionou o DOI-Codi, atualmente Delegacia. Crédito: Aline Lourenço Campanha. Acervo pessoal
Imagem em preto e branco de croqui de uma esquina de duas ruas. Na lateral esquerda lemos no desenho o escrito “Rua Tutóia”. Na parte inferior, fazendo uma perpendicular para o canto superior direito lermos “Rua Tomás Carvalhal”. Na área do desenho que indica a parte de quadra dessa esquina vemos retângulos desenhados com setas com pequenas fotografias preto e branco dessas regiões.
Croqui do espaço do extinto DOI-Codi/SP, realizado após diligência da Comissão Nacional da Verdade com ex-presos políticos em novembro de 2013. Crédito: Relatórios da CNV.
Croqui do espaço do extinto DOI-Codi/SP, realizado após diligência da Comissão Nacional da Verdade com ex-presos políticos em novembro de 2013. Crédito: Relatórios da CNV.

DOI-Codi/SP

Memorial Temporariamente Fechado

Seguindo as orientações do Plano São Paulo de combate à pandemia, o Memorial está fechado para atividades presenciais até que seja autorizado o seu funcionamento. O Memorial continua realizando atividades de maneira virtual! Para não perder nada da nossa programação online acompanhe nossos canais de comunicação.

Esperamos ver todos em breve!