Personalização

Acessibilidade

Idioma do site

Desde 1979, todo dia 30 de outubro, é realizado um ato diante da antiga fábrica para relembrar o assassinato de Santo Dias pela repressão ditatorial. Crédito: Alessandra Haro. Memorial da Resistência
Crédito: Alessandra Haro. Memorial da Resistência
Crédito: Alessandra Haro. Memorial da Resistência
De frente à Fábrica Sylvania, onde o metalúrgico e líder sindical Santo Dias Silva foi morto por um PM durante piquete no dia 30 de outubro de 1979, trabalhadores permanecem em greve. Crédito: Arquivo Público do Estado de São Paulo.

Fábrica Sylvania